Quarta-feira, 7 de Abril de 2004

A escola – espaço de liberdade.

Liberdade.jpg

Vamos comemorar mais um aniversário do 25 de Abril.
A liberdade não pode ser uma palavra vã que usamos como se tratasse de um fetiche. A liberdade é um princípio constituinte da nossa matriz cultural que a escola como espaço de reprodução cultural deve incorporar. Ora, a liberdade não condiz com manipulação, coacção ou qualquer tentativa de cortar a raiz ao pensamento como nos recorda o poeta. Será que as escolas pensam e agem em liberdade? Quais os espaços e tempos de liberdade na escola?
A efeméride requererá uma atitude e um investimento consentâneo com a sua relevância social. Contudo, o festim não pode camuflar o sentido mais profundo da palavra. Engalanar as escolas para o evento seria profícuo se a liberdade se entranhasse nas relações interpessoais, na organização e funcionamento da escola.
publicado por Miguel Pinto às 23:07
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De miguel sousa a 8 de Abril de 2004 às 00:46
concordo contigo a escolapara ser livre tem que ser verdadeira, cabe a todosnós conseguirmos chamar à razão todos os que não conseguem se libertar de ambições desmesuradas

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.posts recentes

. Outro Olhar... só no blog...

. Novo lugar.

. Exemplos que (nada) valem...

. (Des)ordem...

. Outros olhares... a mesma...

. E esta?

. O blogspot encalhou.

. Bolonha aqui tão perto.

. Olhar distante.

. Faz de conta.

.arquivos

. Julho 2005

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

blogs SAPO

.subscrever feeds