Quinta-feira, 1 de Abril de 2004

Uma descida subtil da cátedra (I)

O Dr. Justino brindou-nos com um artigo de opinião.
 Na verdade, a sua pretensão em instituir os exames nacionais para o 6º ano de escolaridade e a ausência de reflexão em torno da sua proposta justifica este seu esforço.
Mas, que motivos levariam o ministro a descer da sua cátedra para olhar nos olhos dos alienados parceiros e apelar à sua contenção na orgia opinativa que ocorreu após o espectro dos exames?
Não seria mais confortável ter continuado firme e determinado ao leme do barco da educação, sem ziguezaguear, sem vacilar na rota neoliberal que foi definida pelo seu governo, imune às críticas dos “parceiros” de serviço (pais, sindicatos, alguns tecnocratas da educação, alguns políticos no activo)?
Será o tema merecedor deste nobre investimento pessoal?
publicado por Miguel Pinto às 21:35
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Jos Manuel Faria a 2 de Abril de 2004 às 19:39
Os exames nacionais para o 6ºano são um perfeito disparate. É o CDS que governa a Educação!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.posts recentes

. Outro Olhar... só no blog...

. Novo lugar.

. Exemplos que (nada) valem...

. (Des)ordem...

. Outros olhares... a mesma...

. E esta?

. O blogspot encalhou.

. Bolonha aqui tão perto.

. Olhar distante.

. Faz de conta.

.arquivos

. Julho 2005

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

blogs SAPO

.subscrever feeds