Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2004

Professores para quê?

Na Página da Educação de Fevereiro, um artigo do colega Ricardo Vieira da ESE Leiria faz ressurgir um tema pertinente pela sua actualidade – As explicações. Conta uma história de um aluno que durante o ensino básico tinha nota 5 a todas as disciplinas. A entrada deste aluno no secundário coincidiu com a mudança de escola. A história prossegue em direcção à inevitabilidade das explicações. Como refere o colega Ricardo, este menino vive agora, tal como os seus colegas, duas escolas paralelas: uma onde aprende, o centro de explicações; outra onde finge que aprende e onde espera por resultados que não lhe baixem a autoestima, que o situem na escala que sempre conheceu: nota máxima.

A interrogação do Ricardo Vieira é esclarecedora: professores para quê?

publicado por Miguel Pinto às 21:45
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.posts recentes

. Outro Olhar... só no blog...

. Novo lugar.

. Exemplos que (nada) valem...

. (Des)ordem...

. Outros olhares... a mesma...

. E esta?

. O blogspot encalhou.

. Bolonha aqui tão perto.

. Olhar distante.

. Faz de conta.

.arquivos

. Julho 2005

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

blogs SAPO

.subscrever feeds