Terça-feira, 8 de Junho de 2004

As negociatas.

As negociatas em torno das explicações florescem.
As comunidades educativas assistem passivamente à inversão dos papeis entre a escola certificadora e a escola paralela. Cada vez mais cedo e com maior frequência, as famílias recorrem aos paraprofessores para suprir as carências cognitivas dos seus educandos.
Os neoliberiais anseiam um Estado cada vez mais regulador. Seria uma perversidade diabólica deixar que o sistema educativo atinja o caos para legitimar esta indispensabilidade reguladora.
publicado por Miguel Pinto às 20:10
link do post | favorito
De RJB a 9 de Junho de 2004 às 18:51
Os seus comentários, caro PJ, são, de facto, difíceis de contornar, porque argumentos de peso. Este assunto interessa-me bastante - até porque tive uma infeliz experiência numa dessas salas. Vou tentar fazer o post no meu blog, dp dou-lhe o link.
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.posts recentes

. Outro Olhar... só no blog...

. Novo lugar.

. Exemplos que (nada) valem...

. (Des)ordem...

. Outros olhares... a mesma...

. E esta?

. O blogspot encalhou.

. Bolonha aqui tão perto.

. Olhar distante.

. Faz de conta.

.arquivos

. Julho 2005

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

blogs SAPO

.subscrever feeds